Breaking News
Home | Honda | Honda Africa Twin tem baixo nível de vibração e painel 100% digital

Honda Africa Twin tem baixo nível de vibração e painel 100% digital

A Honda resgata um nome que fez muito sucesso da década de 80 até o início dos anos 2000, quando o modelo original, que tinha motor de 750 cm³, saiu de linha. Agora montada em Manaus, a Africa Twin chega às lojas do País em dezembro a partir de R$ 64.900.

Em 2014, a Honda levou ao Salão de Milão (Itália) uma moto conceito batizada de True Adventure, ou aventura verdadeira, em português. O protótipo passava a impressão de ser ágil e fácil de guiar, algo que se confirmou na versão de produção, batizada de CRF 1000L Africa Twin.

af2

De série, há faróis de LEDs, controle de tração com quatro níveis, ABS que pode ser desligado e banco com ajuste de altura  de 87 cm para 85 cm. A opção “Travel Adventure”, a R$ 74.900, traz malas laterais, baú com encosto, protetor de carenagem e cavalete central.

afApesar de ser uma big trail na casa dos 1.000 cm3, ela tem porte de modelos de 800 cm³. Seu motor é bicilíndrico em paralelo de 999,1 cm³, que gera 90,2 cv e 9,3 mkgf. A potência é baixa, se comparada aos 125 cv da líder do mercado, BMW R 1200 GS, mas supre com folga as exigências em viagens longas e garante boas retomadas de velocidade – mas sem pegada esportiva.

No fora de estrada, a potência torna mais fácil lidar com a força e dosar o acelerador. Outra qualidade do motor é o baixo nível de vibração, o que deixa a pilotagem bastante agradável no dia a dia.

A posição de pilotagem é boa. A distância entre o guidom e o piloto é confortável para os braços e as pedaleiras bem centralizadas deixam as pernas confortáveis. No fora de estrada, o tanque estreito, próximo às pernas, facilita o encaixe para pilotar em pé. As rodas raiadas de 21” na frente e 19” atrás ajudam a transpor buracos facilmente.

af3As suspensões, com 23 cm de curso na dianteira e 22 cm na traseira, são reguláveis e garantem o equilíbrio ciclístico da moto. Os freios a disco, duplo de 31 cm na frente e simples de 25,6 cm atrás, têm bom poder. O sistema ABS é pouco intrusivo quando se freia forte.

O painel de instrumentos, todo digital, oferece leitura fácil e tem grafismos brancos. Dividido em duas telas, é bem completo, com várias funções. O senão do modelo fica por conta do acabamento. As peças plásticas do entorno do painel e dos punhos de comando deixam a desejar e não transmitem a qualidade geral que esse produto entrega.

Particularmente acho a motocicleta um pouco estranha, longe de ser feia, mas essa carenagem e combinações de cores não agrada, quanto ao preço, nenhuma novidade, a Honda sempre sendo Honda!

Preço: R$ 64.900

About admin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *