Home | Automoveis | CNH vai mudar em 2017, objetivo é deixar a carteira de motorista mais segura contra falsificações

CNH vai mudar em 2017, objetivo é deixar a carteira de motorista mais segura contra falsificações

O Detran (Departamento de Trânsito) e o Contran anunciaram nesta quarta-feira (22) que a partir de 2 de janeiro a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) terá novas cores e informações de segurança. A mudança é para atender às novas regras do Contran.

Segundo informações publicadas no site do Detran-SP, a principal alteração é a troca da tinta azul esverdeada da tarja do documento, localizada acima da foto de identificação, para a cor preta. Outra mudança é que no canto superior esquerdo, sob o Brasão da República, a imagem do mapa brasileiro vai ser impressa com uma tinta especial de segurança, evitando falsificação do documento.

Tinta especial
No alto do lado esquerdo, sob o brasão da República, a imagem do mapa do Brasil passa a ser impressa com tinta especial de segurança, que também dificulta a falsificação.

Os números do documento poderão ser conferidos com luz ultravioleta e ele inteiro ficará amarelado na nova versão. Além disso, ele vai conter Brasões da República impressos que só poderão ser vistos com luz negra, tal como a holografia da sigla “CNH”, na parte superior. Duas novas informações estarão descritas no documento: o Registro nacional e Número do Espelho da CNH e o número de formulário do Renach (Registro Nacional de Condutores Habilitados).

Todo o fundo do documento vai ficar mais amarelado e alguns elementos gráficos, como números, poderão ser conferidos com o uso de luz ultravioleta.

O documento ganhará brasões da República impressos que só serão vistos com o uso de luz negra.

Na parte de baixo, haverá uma holografia com a sigla CNH impressa repetidas vezes. Além disso, aparecem novos fios de microletras que também servem para dificultar falsificações.

Os itens de controle de segurança incluem mais elementos em relevo e em microimpressão.

O documento ganhará um código numérico de validação composto pelos dados individuais de cada CNH. Esse código vai permitir aos agentes de trânsito validar a habilitação por meio de um aplicativo que deve ser disponibilizado pelo Denatran.

Segundo o Detran, não será necessário trocar as CNHs atuais que ainda estão no prazo de validade; somente as carteiras solicitadas a partir de janeiro virão com o novo desenho.

 

About admin

2 comentários

  1. Ivan jose de barros junior

    Eu quero ganhar um tablete

  2. Ivan jose de barros junior

    Isso e verdade ne de ganhar premios?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *